PandAnime

Furin | Os tradicionais Sinos de Vento do Japão

Compartilhe

Furin — Os tradicionais Sinos de Vento do Japão

Furin (風鈴) significa literalmente “Sinos de Vento” e tem origem chinesa. É um objeto simples que se caracteriza na maioria das vezes por uma esfera ou cilindro de vidro, cerâmica, metal, bambu, madeira, etc. Dentro dele tem um pêndulo que balança ao sopro do vento, ecoando um som parecido como o de um sino.

Durante o verão quente japonês, podemos vê-los e ouvi-los com mais frequência, não só em áreas tradicionais, como também em distritos modernos. O Furin, ou furina como também é chamado, é colocado na frente da janela ou porta, e seu som anuncia a brisa refrescante durante os dias quentes e úmidos no verão.

Mas engana-se quem pensa que o Furin é apenas um objeto decorativo. Quando ele foi trazido ao Japão, acreditava-se que ajudava a proteger as pessoas contra todos os tipos de males, além de ajudar a afugentar os maus espíritos. Devido a isso, eles costumavam ser pendurados nos quatro cantos de templos e santuários. Seu tilintar também era usado para espantar pequenos animais de perto das residências.
A maioria dos sinos são acompanhados por um papel pendurado em sua parte inferior, na qual pode vir com a inscrição de um poema ou dizeres de proteção.
furin, sinos de vento no Japão

O “Furin” também é chamado de “Furina” ou chamado conforme o nome do material usado, como exemplo: “sino de bambu”, “sino de metal”, “sino de vidro”, “sino de madeira” e “sino de concha”. Hoje em dia, podemos encontrar uma grande variedade de Furin decorativos.

Origem do Furin


Estima-se que os primeiros tenham surgido por volta de 1100 aC na China para fins religiosos. Tratava-se de um sino de metal sem badalo chamado Yong zhong, feito por artesãos qualificados e usado principalmente em cerimônias religiosas.
Posteriormente, os chineses criaram o Feng ling, semelhante ao Furin de hoje em dia. Os feng lings eram pendurados em templos e pagodas para afastar os maus espíritos e atrair felicidade e sorte às pessoas que frequentavam o local. Furin Yong-zhong e Feng-ling

Durante os Períodos Heian (794-1185) e Kamakura (1185-1333), o costume também se estendeu à aristocracia japonesa, que passou a pendurá-los em suas varandas. O Furin atingiu o seu pico de popularidade durante o Período Meiji (1868-1912). Porém, o Furin é chamado de o Som do Edo, pois ele nos dá a sensação nostálgica do Japão antigo, que se caracteriza especialmente pelo Período Edo (1603-1867).

Sinos doces


O som do toque de cada tipo de Furin difere um do outro. Seu ritmo ocorre naturalmente dependendo do material que é feito e do movimento do vento. Seu som característico é chamado de “som doce” e tem até um nome específico em japonês: Yuragi, que significa “flutuação“. Mas também pode significar “balbucio de um rio” ou “canto de um inseto.” Depende da interpretação de cada um.

Comentários